ZASF_LIVROSGRATIS

by bruno

No domingo, dia 1º de dezembro, ativei a zasf lapa.

É uma zona autônoma sem fios. Como assim? Foi batizada pelo efefe, mas o conceito existe há muito tempo. Em Barcelona, eu queria fazer a tienda gratis inalámbrica, inspirado pelas lojas grátis dos okupas. Por aí já andaram fazendo a PirateBox, uma caixa para compartilhar arquivos sem fio.

A ideia é criar uma pequena internet local. Um servidor de arquivos, um AP wifi, alguns arquivos e pronto. O que você acessa nessa Internet? O facebook não, com certeza. Nem teu mail. Mas todos os arquivos que estiverem lá podem ser compartilhados. E o que é melhor, sem a vigilância que rola na Internet “normal”.

No caso da zasf lapa, eu coloquei uns 3Gb de livros, entre livros com e sem direitos, romances, manuais, manifestos, quadrinhos, um pouco de tudo. Coloquei também um mural editável feito em hotglue, caso alguém quisesse deixar algum comentário.

Todos o desenvolvimento técnico foi feito na Nuvem, no encontro Interactivos’12. Efeefe mandou o projeto Redes Autônomas e foi selecionado junto com o Vincenzo  Tozzi. Toda a documentação portanto está nessa wiki. Mas para resumir, o sistema usa uma raspberry pi, onde está instalado um servidor apache, e um AP (router) que roda um dnsmasq – um programa que direciona todos os pedidos de endereço para o site http://zasf. Além disso uma diretiva do apache redireciona os endereços no browser, do contrário aparece o endereço, digamos do google.com, com o nosso conteúdo.

A rede é muito bem aproveitada em um ambiente como a Nuvem, onde a conexão à Internet é precária e podemos oferecer serviços locais. A ideia de lançá-la num bairro como a Lapa é que alguns desavisados podem ver a rede wifi aberta e tentar usar a internet comum. O que vai acontecer nesse caso? Ao invés de chegar no site que ele busca – digamos, http://www.terra.com.br – ele vai ser redirecionado para o site http://zasf, que tem informações sobre o projeto e os links para todo o conteúdo disponível.

A zasf está funcionando como um experimento. Quantas pessoas vão se conectar? Da minha janela deve dar para ver umas 100 janelas. Todos esses apartamentos podem se conectar, baixar livros, subir outros materias ou editar o mural. Num próximo post será analisado o log de acessos desse servidor autônomo para entendermos os resultados.